Blog

O novo papel do RH na era digital: você está preparado?

Postado dia 20/08/2019
Continue Lendo Pipeline de liderança

A transformação digital tem um aspecto muito mais amplo do que apenas lidar com novas tecnologias. Ela exige que as organizações tenham um mindset para lidar com os novos desafios do mercado. Sendo assim, o profissional de RH na era digital precisa adotar estratégias ágeis, mantendo o foco no desenvolvimento dos colaboradores.

Com as alterações do comportamento do cliente, as organizações têm experimentado uma mudança gigantesca em seus modelos de negócios. O RH tem um papel fundamental na preparação dos colaboradores para a compreensão dessas novas perspectivas.

Neste artigo, vamos falar sobre os principais desafios do RH dentro da transformação digital e como o setor pode evoluir com a adoção de métodos ágeis. Boa leitura!

Liderar as mudanças organizacionais

O profissional de RH na era digital é responsável por liderar as mudanças que precisam acontecer na organização. Para isso acontecer, é fundamental compreender os avanços digitais e como eles influenciam os hábitos de compra do novo consumidor.

Embora muitas empresas já entendam a importância de colocar as necessidades do cliente em primeiro lugar, essa realidade ainda está distante de muitos negócios. Diferentemente do que acontecia há alguns anos, o cliente hoje é empoderado devido à alta concorrência do mercado.

A prototipação é uma ótima maneira de experimentar inovações sem medo de errar, porque os ajustes nesse tipo de processo podem ser realizados com base na experiência do cliente. Como são softwares de versões em teste que apresentam soluções ainda invalidadas, a empresa não corre o risco de comprometer a sua reputação no mercado.

Cabe ao RH preparar todas as áreas para entender a expectativa do cliente e promover a sua satisfação durante toda a jornada de compra. Mas isso só ocorre quando há uma mudança de hábito na cultura da empresa.

Capacitar os colaboradores para a transformação digital

O investimento e aplicação de novas tecnologias, como ferramentas digitais e business intelligence, precisa acontecer em uma velocidade satisfatória dentro da empresa. Isso exige que os colaboradores tenham perfil empreendedor para assumir um papel de protagonismo.

O líder deve treinar e capacitar os colaboradores para que dependam cada vez menos da gestão. É preciso adotar uma curva de aprendizagem que desenvolva softs skills fundamentais para lidar com a era digital:

  • Empatia;
  • Inteligência emocional;
  • Postura protagonista;
  • assertividade;
  • resiliência.

Analisar e monitorar resultados

Para atender às novas demandas do mercado, também é preciso reestruturar a hierarquia da empresa e apostar na liderança colaborativa. Isso porque o input é percebido por aqueles que têm contato direto com o cliente.

Dessa maneira, quando a empresa sustenta uma estrutura tradicional, mais centralizadora para a alta diretoria, essa percepção, compreendida pelo colaborador na base da pirâmide, não chega até a tomada de decisão.

O novo papel do RH é apoiar esse processo, fornecendo mais autonomia à equipe. Assim, o setor deixa de controlar tarefas para acompanhar resultados. Nesse sentido, é importante investir em metodologias ágeis, porque elas oferecem soluções que ajudam na automatização de tarefas e levantamento de dados, permitindo que os colaboradores desenvolvam habilidades mais estratégicas.

Construir um time diverso e inclusivo

Com as situações complexas dessa nova era, a empresa precisa de colaboradores capazes de encontrar respostas inovadoras. Por esse motivo, ter pessoas diferentes é a melhor maneira de conquistar pontos de vista variados em um mesmo cenário.

Em contrapartida, organizações com pessoas muito parecidas na equipe dificultam a adoção de uma percepção mais aberta quanto à diversidade do mercado. A consequência disso é um déficit grave na busca por soluções inéditas.

Vale lembrar que é preciso trabalhar a inclusão das pessoas, e essa medida vai muito além de apenas respeitá-las e compreendê-las. Trata-se de transformar a cultura da empresa e passar a considerar a maneira de agir e pensar do outro.

Os desafios da transformação digital exigem uma mudança cultural não apenas dos líderes, mas também dos colaboradores. O RH na era digital deve agir como um facilitador, permanecendo um passo à frente de possíveis dificuldades da organização. Ao abraçar esse desafio, o setor consegue adotar tecnologias que gerem resultados rápidos, mas sem deixar de lado a compreensão humana.

A sua empresa tem se preparado para a transformação digital? Se esse assunto é interessante para você, descubra por que é importante investir na inovação das empresas em 2019!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Colha resultados

Solicite um orçamento

Solicite um orçamento